quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Doce Dica #13 :: A Origem...

Acredito que a maioria das meninas (meninos?) que passam pelo blog teve seu interesse por esses vidrinhos despertado há pouco tempo, isso porque esse mercado cresceu muito nos 2 últimos anos, principalmente no Brasil. 

Por isso, quero nos próximos posts da categoria "Doce Dica" falar um pouco mais sobre esses vidrinhos coloridos: Origem, Mercado, Composição, Acabamentos e mais novidades... 
Além de estarmos com nossas unhas sempre lindas, por que não adquirir conhecimento, certo?

Pois bem, hoje vou falar um pouco sobre: A Origem do Esmalte de Unha.

O esmalte começou a enfeitar as unhas das mulheres por volta do ano 3.500 a.C. onde "as mulheres egípcias aplicavam uma tintura de henna preta nas unhas. As cores mais vibrantes ficavam relegadas ao uso da família real e chegavam a despertar algumas preferências entre as rainhas do Egito."

"O mesmo poder de distinção social observado no uso do esmalte entre os egípcios também era perceptível entre os chineses. Em meados do século 3 a.C., o uso de tons vermelhos e metálicos (feitos com soluções de prata) significavam a ocupação de um lugar privilegiado na hierarquia social. Já entre os romanos, a pintura dava lugar a tratamentos com materiais abrasivos que faziam o polimento das unhas."

Após um período de estagnação no desenvolvimento de esmaltes e/ou produtos para tratamento das unhas, em 1925 no desenvolvimento de tintas para carro, chegaram a algo parecido com os esmaltes que temos hoje.

"Na sua primeira versão, o produto era de um tom rosa-claro e era aplicado no meio das unhas. Chegando à década de 1930, já podemos notar que a “pintura” nos dedos do pé e da mão fazia muito sucesso entre as grandes estrelas do cinema hollywoodiano, como Rita Hayworth e Jean Harlow. No ano de 1932, os irmãos Charles e Joseph Revlon custearam a invenção de um novo tipo de esmalte, mais brilhante e com um leque variado de tonalidades." AÊÊÊÊ SR. REVLON!

Fonte: http://www.historiadomundo.com.br/curiosidades/historia-do-esmalte.htm

Na década de 70 vem os esmaltes sintéticos. As unhas tornam-se extremamente longas através de várias técnicas e estão na última moda.
Os esmaltes acrílicos são sucedidos pelos esmaltes de fibra de vidro em 1980. A decoração das unhas não é mais limitada aos esmaltes – pedras preciosas e vários acessórios entram em uso.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Verniz_de_unha
 
Leia também um artigo muito legal, que fala ano a ano o desenvolvimento do esmalte: http://www.modacerta.com/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=117
 
Atualmente o esmalte é muito mais do que um item dispensável ou fútil na necessaire feminina, estar com as unhas bem feitas significa sim vaidade, mas também preocupação com a saúde e higiene, mantendo-as sempre num tamanho ideal, limpas e com as cutículas em dia.

Espero que tenham gostado meninas!
Aguardem o próximo Doce Dica sobre Mercado.
 
Todos os textos reproduzidos nesse post tem sua Fonte.

Beijos,


 

3 comentários:

  1. Oi tudo bem?
    Conheci seu blog por meio da sua participação na Shame e adorei!
    Menina, realmente aqui é muito bacana!

    Mas preciso dizer uma coisa... De todas as Pinketuchas da Shame vc foi a que fez a carinha mais engraçada e doida! Adorei! Rui muito!!! Aí decidi vir conhecer seu canto e vou fica rpor aqui! ;-)

    Aliás, te convido a conhecer o meu tb! Vc será super bem-vinda por lá, viu?
    http://blogfeminicesecia.blogspot.com/
    Bjão e até mais!
    Déia

    ResponderExcluir
  2. Sim, gostei muito!
    Obrigada pelo elogio lá no blog! também faço com muito carinho!
    :-)

    Sim, concordo, ficar chateado por aparecer lá é uma grande bobagem... Eu já fuii gongada por causa de um sorteio e rachei o bico... Hehehehe!

    Flor, se precisar de alguma coisa é só falar, ok?

    Bjão!

    ResponderExcluir