quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Divagando :: Esse ano aprendi que...

A grande maioria escrevendo sobre 'Metas 2015' e eu ainda agradecendo e falando sobre 2014! #delay

Esse ano realmente passou muito rápido, parece que foi há dias que tudo deu uma reviravolta na minha vida, e depois da tempestade eu criei esse espaço pra abrir mais os horizontes por aqui (clique aqui para ler o texto de reapresentação). 
Quero citar nesse post algumas coisas que aprendi em 2014, espero que gostem e que compartilhem nos comentários o que vocês aprenderam.


1. Descansar é bom, mas trabalhar é melhor ainda!
Eu fiquei 3 meses e meio sem trabalhar (formalmente) e olha... No começo é bom, a gente tira todo o atraso do sono, vai passear, viajar, assiste muito filme e série, mas chega uma hora que cansa não fazer nada. Eu precisava conhecer pessoas novas, me sentir útil e no mercado de trabalho. Até que fui presenteada com um emprego em uma empresa que amo e com um mercado que tenho aprendido a gostar cada dia mais (seguros). Qual seria o prazer das férias se não tivéssemos que trabalhar (e voltar a...)?



2. A saudade dói!

Eu gosto de mudança e de tudo que ela proporciona - conhecer gente e lugares novos, ser desafiada, se adaptar, mas a saudade de quem a gente ama dói. Esse ano chorei muitas vezes de saudade, mas isso também faz com que o reencontro seja ainda mais gostoso.




3. Ter mais Auto-Controle!

Descobri um nível de ansiedade hard, querendo que tudo acontecesse na velocidade da luz e com isso acabava me frustrando, desanimando, mas acho que agora fazendo uma auto-análise tenho conseguido ter mais auto-controle, respirar fundo umas 10x antes de tomar uma atitude, não responder a um whats no impulso, não falar a primeira coisa que vem a cabeça e ponderar muitas outras. Estou melhorando!


4. O hoje me basta!

E isso daria até um post inteiro. Há pouco mais de 1 mês perdemos uma jovem que serve conosco na igreja, assim, repentinamente. Digo, repentinamente para nós, seres limitados, porque eu creio em um Deus que conhece o começo, meio e fim então tenho que viver o hoje, me doar, servir, amar e fazer o melhor, afinal amanhã já não sei mais...

5. Algumas escolhas podem custar muitas lembranças!
Em 2006 quando me casei mudei de SP para o PR, e lá fiquei até ano passado (quase 7 anos). Quando eu voltei percebi que as coisas por aqui tinham mudado, principalmente com relação as minhas amigas. Óbvio que tudo mudou, nós mudamos, crescemos, amadurecemos, casamos, mas penso que a essência do relacionamento em si deveria continuar o mesmo e, infelizmente não continuou. Escolhas exigem renúncias.


6. Fazer o bem, faz bem!


No início do ano nos propusemos a 'mudar o mundo'! Mudar o mundo que nos cerca, e chamamos isso de #AtosDeCompaixão. Planejamos algumas ações, convocamos uma galerinha do bem e... mãos a obra. Afinal o tesouro que temos que conquistar não é aqui (e 2015 tem mais).



8. Falar menos, fazer mais!

Certa vez ouvi uma frase quando falávamos sobre evangelismo que leve comigo: "Pregue sempre, quando necessário use palavras". Posso saber a bíblia de cor e salteado, posso falar bonito, falar, falar e falar... Mas isso não adianta NADA se eu não viver o que eu falo. Por isso o evangelho está tão denegrido, isso é chato e feio. Se você falou algo, faça ou aja exatamente daquela forma. Isso se chama caráter.


Acho que é isso!!!

Estou com muitas idéias pro blog e canal no youtube pra esse ano (e bem animada), espero que consiga colocar todas em prática, e claro TER VOCÊS COMIGO.

Beijos,

Um comentário:

  1. Oii amiga!! 2014 foi um ano de fortes emocoes!! E fico mto feliz de ter compartilhado boa parte delas com vc e vc cmg!! E como sempre no final td da certo pois o plano de Deus para nossa vida é perfeito. O maior aprendizado foi a paciencia e definitivamente viver um dia de cada vez!! A cada manha Suas misericordias se renovam!! Otimo 2015 pra nós bjaoooo te amo

    ResponderExcluir