sábado, 11 de abril de 2015

Em Busca da Sobrancelha Perfeita... Parte 1

Tenho postado algumas selfies no meu Instagram (já segue lá? @depoisdos29) e o que tem mais chamado a atenção das meninas é minha sobrancelha. Acho isso curioso e comecei a reparar como uma sobrancelha bem feita faz toda diferença na maquiagem, no conjunto. 
Uma das meninas pediu detalhes da minha, então resolvi gravar um vlog da minha ida a Gi e também pesquisar um pouco mais sobre esses importantes pelinhos do nosso rosto LOL!!!

Vou dividir em 2 posts pra não ficar giga. Nesse primeiro quero falar algumas curiosidades e minhas experiências e no segundo como cuido delas.

♥ Na época de ouro do cinema mudo, as sobrancelhas eram uma ferramenta indispensável para as atrizes, que as raspavam completamente para depois pintá-las de acordo com o papel. Mocinhas ingênuas eram dignas de  sobrancelhas curtas, já mulheres fatais recebiam um olhar emoldurado com sobrancelhas longas e arqueadas.

♥ A década de 40 foi marcada por sobrancelhas mais grossas no início e mais finas no final. O resultado era o olhar  feminino e sensual.

♥ Durante a  viagem libertária dos anos 60, além de queimar sutiãs e usarem flores nos cabelos, as mulheres também rasparam as sobrancelhas. Lideradas pela supermodelo britânica Twiggy, as mocinhas raspavam tudo e depois tratavam de desenhar arcos bem finos com lápis.

♥ A década de 80 foi o reinado das sobrancelhas ao natural, grossas e expressivas. A principal representante dessa época foi a atriz Brooke Shields.

♥ Nos anos 90, elas perderam volume, mas continuaram seguindo o traçado natural acima dos olhos, como as sobrancelhas da espanhola Penélope Cruz.
Fonte 

Eu SEMPRE tive a sobrancelha beeeeeem grossa, passei pela adolescência de ‘monocelha’ e sofrendo bullyng, até que decidi ir faze-la e hoje vendo as fotos disso solto um “meu Deus que coisa terrível”. Nem lembro onde fazia, mas ela era inteira fina, horrorosa! Mesmo com todo esse sofrimento sempre tive muito medo de mexer nela sozinha, certeza que acabaria estragando, então preferia ficar feia de monocelha do que arriscar ficar sem elas ou com tudo torto e falhado.
Olha, custei pra chegar nas que tenho hoje, e acho que finalmente acertei -  Gi, te amo ♥


Amo, acho lindo sobrancelhas grossas e arqueadas na medida. A Gi tira com linha, a primeira vez que fiz achei super estranho e quase morri de dor, é uma dor diferente, suportável claro, mas diferente do que eu estava acostumada (da cera e pinça).

Espero que tenha dado pra ter uma ideia de como é o ‘processo’, no próximo post mostro alguns produtinhos que uso no dia-a-dia.

JÁ SE INSCREVEU NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE? Clique Aqui e se inscreva.

Beijos,



Um comentário:

  1. Carol também sou assim, adoro e sempre adorei sobrancelha grossas. A mulher que tirava as minhas estava deixando elas super finas e tirava com cera (não gostava). Ultimamente tenho ido ao Spa das Sobrancelhas e estou adorando o resultado.
    Beijocas

    ResponderExcluir