quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Diário de Débora :: Nordeste, Cheguei!

Oi gente, olha eu aqui de Recife! Hehehehehe!!!
Vou contar como foi a decisão de mudar pra cá.

Se você não acompanhou a história - CLIQUE AQUI!

Estava no final do terceiro ano da faculdade de Engenharia Civil, Pedro com 7 meses e Maria com 5 anos e 2 meses e morando em nossa casinha ~de boneca em Jacareí/SP. 
Em setembro de 2014, meu marido recebeu uma proposta para trabalhar no nordeste. A princípio não sabíamos o Estado, mas ele suspeitou que fosse na cidade de João Pessoa. 
Eu sempre tive curiosidade de morar no nordeste por minha família por parte de mãe ser do Rio Grande do Norte e eu adorar Natal. Mas, como eterna apaixonada pelo Canadá, ainda disse a ele que preferia ir pra fora do país. 

Conversamos muito durante um mês, colocamos tudo na balança, dinheiro, família, mudança de faculdade, valorização profissional dele, enfim, achamos melhor arriscar em um lugar que, se não desse certo, já estaríamos mais perto do Canadá! Rs... Comecei a pesquisar sobre João Pessoa e acabei me apaixonando pela cidade, todo mundo que morava lá ou já tinha morado, estava satisfeito e feliz com a decisão. Fiquei empolgada! 
Em outubro de 2014 ele aceitou a proposta, me disse que era pra Recife/PE e que precisava estar lá no início já de novembro. 


Deu um frio na barriga enorme, porque eu não sabia nada do lugar, ele iria sozinho, ficaria um tempo lá pra procurar lugar pra gente, eu teria que vender a casa (não compensava alugar), transferir a facul, arrumar escola pras crianças, ou seja, tsunami mesmo! Marquei passagem pra começo de novembro pra mim, pras crianças e mamãe (meu anjo da guarda em forma de gente), assim conseguiria ver escola pra mim e pra eles e apartamento pra comprar ou alugar. Comecei a me preparar pra vender a casa, já tinha vendido meu terreno (em um condomínio em Jacareí-SP mesmo) e avisei na escola da Mavi e minha que precisava de transferência. A escola dela era mais tranqüila porque ela não estava no fundamental ainda e o meu processo tinha que esperar pra terminar o semestre, senão ficava mais complicado.
Leandro já estava lá em Recife desde dia 02/11/2014 e nós chegamos dia 08/11. Comemoramos meu aniversário (13/11)  em Porto de Galinhas, num hotel bacana chamado Best Western Viva Porto de Galinhas - ótimo custo x benefício #FICADICA

Voltei pra Jacareí dia 18/11 sem ter resolvido nada do  aluguel e sem saber qual 'facul' iria fazer, pois não gostei muito das que visitei. Algumas amigas indicaram o bairro de Boa Viagem pra morar  por ser perto da praia e mais tranquilo, daí encafifei que moraria ali e não achei nada dentro do nosso orçamento. Depois descobri que os aluguéis na região e custo de vida dali são altíssimos!!! Leandro conseguiu um lugar pra gente morar pro começo de dezembro, próximo da praia, tamanho bom, área de lazer razoável (parquinho, piscina, salão de festas, quadrinha, sauna), porém nossas coisas chegariam somente dia 22/12, de caminhão e o nosso carro de "cegonha". Assim, quando voltei pra Jacareí, coloquei a casa pra vender numa quarta-feira pela manhã e à noite já a tinha vendido! Foi coisa de louco, veio uma moça às 21h pra ver a casa,  me dizendo que as irmãs moravam no condomínio, que ela estava grávida e que precisava morar lá também. Amou a casa e disse pra eu reservá-la até o dia seguinte pela manhã que ela me ligaria pra confirmar a compra. Dito e feito! Ligou-me no dia seguinte e fechamos negócio! 


Vendida a casa, o resto foi mais fácil organizar, já que desta vez o pessoal da mudança fez todo trabalho.
Decidimos que iríamos pra Jundiaí/Rio Claro nos despedir de todos em dezembro/2014 e quando fosse dia 07/01/2015 pegaríamos o vôo pra nossa próxima aventura. Ficamos então mais um mês por SP - Leandro ficou indo e vindo de Recife/Sp durante esse mês de dezembro - e aqui estamos agora! 

No próximo post tem as principais dificuldades do primeiro semestre de adaptação. 
Espero vocês!


Nenhum comentário:

Postar um comentário